Quantos e quais são os pránáyámas?

QUANTOS TIPOS DE PRÁNÁYÁMA EXISTEM?

img_2115

É possível que haja tantos exercícios respiratórios quanto o número de Ásanas (existem milhares) e principalmente, a combinação entre eles pode gerar uma disposição quase infinita. Depende do método, da escola que ensina e das necessidades dos praticantes.

Os 15 exercícios mais frequentes são: súryabheda kúmbhaka, ujjáyí, shítálí, shítkárí, bhastrika, kapálabháti, bhrámárí, múrchchhá, kêvala, sahita kúmbhaka, plavíní, anuloma, viloma e pratiloma..

Vamos abordar cada um deles, mas antes, é preciso saber algumas coisas (clique nos links para ler):

-Os de passos da respiração Yogui

-DESCRIÇÃO DOS PRÁNÁYÁMAS

-OS QUATRO ESTÁGIOS DO PRÁNÁYÁMA

De acordo com os escritos antigos, baseados em anatomia e percepção sutil, existem quatro estágios (avastha) relacionados ao nível em que se está na prática de pránáyáma, são eles: árambha avastha, ghata avastha, parichaya avastha e nishápati avastha.

O primeiro estágio é árambha avastha (estágio inicial) ocorre quando as nádís estão sendo purificadas, então o praticante entra no primeiro estágio da prática de yoga.

O segundo estágio ghata avastha (estágio da retenção) é adquirido pela prática constante da suspensão da respiração, ou seja, quando prána (a energia entrando) e apána (a energia saindo) se unem produzindo pratyáhára (abstenção dos sentidos externos) . O tempo de prática nesse estado reduz drasticamente, podendo até ser comprimido para um quarto do tempo.

O terceiro estágio, parichaya avastha (estágio de familiaridade) é alcançado quando váyu (o ar) penetra na kundaliní (o centro sutil na base da coluna espinhal) através do pensamento e entra na sushumná(o canal sutil principal da medula espinhal.)

O quarto e último estágio do pránáyáma é nishápati avastha (estágio do senhor da noite) que se alcança através da prática regular quando são destruídas todas as sementes do karma (os condicionamentos envolvidos no inconsciente.)

Um yogui experimentara automaticamente todos esses estágios, com a prática regular e sistemática mas um aluno impaciente não experimentara nenhum deles com práticas ocasionais.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s